Entrevista traduzida para a revista Allure

19 dez Entrevista traduzida para a revista Allure

O ano de 2014 ainda nem começou e já temos promessa de fotos lindas da Avril Lavigne! A edição de janeiro da revista Allure virá com um novo ensaio fotográfico da canadense, ensaio este que já caiu nas graças dos fãs só pelo vídeo publicado recentemente, no qual Avril Lavigne aparece linda e de franja em uma das fotos!

Avril Lavigne para a Allure Magazine

Avril Lavigne para a Allure Magazine

Além das fotos que prometem ser lindas, a revista trará ainda uma pequena matéria e uma entrevista com Lavigne, a qual você já pode ler completamente traduzida abaixo.

Vamos esquecer por um minuto que ela vendeu 35 milhões de álbuns e seu clipe para Girlfriend foi assistido mais de 200 milhões de vezes no Youtube. E que o primeiro álbum dela foi lançado quando ela ainda era jovem demais para votar (coisa que ela não poderia fazer de qualquer forma, porque ela é canadense). E que ela se casou, depois se divorciou, e agora se casou de novo. E ela ainda tem menos de 30 anos.

Deixando os fatos acima de lado, há outra notável característica de Avril Lavigne: o delineador nos olhos. Se você fechar os olhos e pensar nela, ela irá aparecer com seu par de olhos azuis-esverdeados cercado e pesadamente rodeado de preto. A mulher que começou a carreira como um antídoto ao pop chiclete do início dos anos 2000 é famosa pelo seu lado escuro. Quando ela se casou no ano passado, o vestido, buquê e véu dela eram pretos – completamente pretos. E é esse lado dela que repercutiu com os fãs e tem se destacado. “Eu uso o delineador preto – M.A.C. Smolder – bastante todos os dias,” disse Lavigne, que normalmente faz o próprio cabelo e maquiagem. “Eu faço isso quando eu estou só em casa.”

Mas o que acontece quando você pega uma pessoa que tem sido uma rockstar por mais de uma década e dá à ela uma aparência nova e mais suave? Embora ela esteja aberta à experimentar novos estilos e maquiagens, ela não está tão aberta para isso. “Eu não sou uma modelo. Eu trabalho com música e tenho uma imagem que é verdadeira para mim,” ela diz. “Eu gosto da ideia de experimentar novas coisas – desde que você possa voltar para o que você se sente confortável.” Para o seu photoshoot da Allure, Lavigne tentou novas personagens: uma mulher dos anos 60 com um olhar ingênuo, um cabelo elegante e franja sob os olhos; e uma deusa com o temperamento de uma roqueira (note a maquiagem borrada). Ela alegremente abraçou os dois. “É importante levar o seu visual para o próximo nível,” disse ela. “E eu tenho que ter esse olho esfumaçado. Isso me faz feliz.”

Como o seu estilo evoluiu?

Quando eu era uma adolescente, eu tinha um cabelo cheio de tranças, olhos com maquiagens pretas, calças largas, camisetas vintage. Para o meu segundo álbum, eu comecei usando calças com zipers, anéis e correntes, fazendo compras em lojas góticas, mechas pretas no meu cabelo. Para mim, aquilo foi uma evolução. Para o meu álbum The Best Damn Thing, eu coloquei rosa no meu cabelo e usava saltos e vestidos.

Como você descreveria seu estilo hoje em dia?

Agora, eu uso muito jaquetas pretas de couro. Eu vou para um lado mais sofisticado, diferente do que eu usava quando eu comecei, que era mais moleque.

Qual foi a mudança estética mais arriscada que você já fez?

Eu sempre quis raspar um lado da minha cabeça, mas levei cerca de 4 anos para criar coragem. Eu estava em Paris uma noite, estava com Marilyn Manson, e eu disse algo como “Vamos raspar minha cabeça”. Ele raspou minha cabeça e eu finalmente fiz isso. Foi tão fácil. Eu pensei que aquilo me causaria uma dor na bunda maior do que o que realmente foi. Eu deixei crescer por causa do meu casamento.”

Como você se sente quando seus fãs te imitam?

Me sinto lisonjeada. É sempre legal quando eu apareço com um novo visual para um álbum e isso é compreendido e popularizado pelos fãs, e eles começam a aparecer nos shows vestidos como eu.

Quando você faz um novo álbum, como você escolhe um novo visual?

Quando é a hora de fazer a arte do álbum, eu penso nas cores que eu quero. Eu faço o ensaio fotográfico, e então tudo isso vem junto. Agora, com esse álbum, tem muito preto, couro e spikes. Tem muita maquiagem preta e meio louca nos olhos. E eu coloquei meu cabelo todo preso na capa do álbum. Estou me divertindo com isso.

O que faz você se sentir bonita?

Eu gosto de ter um cabelo longo. Uso muito ele solto, especialmente porque eu tenho um estilo muito moleca. Sou uma pessoa tímida, então, talvez meu cabelo seja como uma “rede de proteção”. Não tenho certeza, mas eu sempre amei cabelos longos.

Tradução e adaptação: Avril Bandaids Brasil.





384 views