Warning: include_once(framework/qode-framework.php): failed to open stream: No such file or directory in /home/avril892/public_html/wp-content/themes/bridge/functions.php on line 46

Warning: include_once(): Failed opening 'framework/qode-framework.php' for inclusion (include_path='.:/opt/php56/lib/php') in /home/avril892/public_html/wp-content/themes/bridge/functions.php on line 46
Outside Archives - Avril Bandaids Brasil

Outside

30 dez OUTSIDE | Ano novo, expectativas novas: o que esperar da Avril Lavigne em 2016?

Se você participou ativamente de 2015, certamente lembra do meme da senhora, aquela que fugiu da repórter. Pois bem, nós todos somos a repórter, e 2015 é a senhorinha, fugindo da gente depois de fazer merda! Estamos naquela época do ano em que não sabemos se cantamos a famosa "adeus, ano velho; feliz ano novo", ou se entoamos "é só isso, não tem mais jeito, acabou, boa sorte...

Read More

07 out OUTSIDE | Perguntas e respostas, só que sem as respostas

Se você acompanha a carreira da Avril tanto quanto a gente, então você sabe que alguns assuntos são tabus para a roqueira profissional do Canadá. E sabe também que, além do talento para a música, para a atuação, para a moda e para a filantropia, ela tem outro talento especial que só se revela quando ela participa de entrevistas ou algo parecido: dar respostas aleatórias para perguntas sobre os tais dos assuntos tabus. Se a pergunta não for sobre como Chad e ela se conheceram, ela vai falar mesmo assim porque é isso que interessa para a mídia (-N)! Talvez agora ela mude o disco, já que o casamento já era...

Read More

19 ago OUTSIDE | Epic Records: entre muitos tapas e nenhum beijo

A última semana foi movimentada, né? Foi o aniversário de 2 anos do Avril Bandaids Brasil (E o meu também, embora ninguém tenha perguntado. Inclusive, Twitter, senti falta daqueles balões no meu perfil e agora te odeio), a inauguração do novo layout do site (que eu amei, à propósito) e também teve muito CAPS LOCK no Twitter por causa de uma possível saída (mas podemos chamar também de libertação) da Avril Lavigne de sua atual gravadora, a Epic Records. O que dizer sobre isso? QUERO! A música “Fly”, lançada com o intuito de ajudar na arrecadação de fundos para a Special Olympics, apareceu nas lojas da Microsoft e da Play Store sem o selo da Epic Records, e sim o da Universal Music. Além disso, por algum motivo que não conhecemos, a cantora não aparece mais no catálogo de artistas da Sony Music. A possibilidade da saída de Avril da Epic gerou uma grande “gritaria” no twitter por parte dos fãs ("fãs" e "gritaria" na mesma frase? NO WAY!). E, na verdade, não se poderia esperar menos. Até porque, segundo pesquisa feita pelo IBOPE, 100% da fã-base deseja o desligamento da canadense com a gravadora. Quando Avril deixou a RCA Records, em 2011, e passou a fazer parte do grupo da Epic, a animação do fãs, é claro, era nítida. Devido aos problemas de Avril com sua antiga gravadora (um banho de sal grosso talvez seja bom antes de escolher uma nova gravadora, miga), a expectativa era que a cantora fosse acolhida em um lugar em que as pessoas respeitassem a música que ela queria fazer. Além, é claro, como se espera de qualquer gravadora, ter uma boa divulgação e organização no que se diz respeito ao trabalho do artista. Com L.A. Reid (sim, o homem que lançou a Avril no mundo musical e que todo fã tem que se esforçar para não odiar 100%) na presidência, todo mundo pensou: “É agora! Vem Let Go 2.0! Vem Hit!”. Mas a verdade, amigos, é que o tombo veio na mesma intensidade que a esperança de uma era realmente satisfatória. [animated_icons_with_text columns="two_columns"][/animated_icons_with_text][vc_row][vc_column width="1/1"][vc_text_separator title="7X1 NA DIVULGAÇÃO" title_align="separator_align_center" border="yes" border_color="#161616" title_color="#161616" background_color="#F7F5F5"][/vc_column][/vc_row] O “Avril Lavigne” teve o seu lançamento adiado três vezes e cada vez que chegava a informação de que a próxima data prevista de lançamento tinha caído, a 9960 vinha abaixo (Aliás, saudades dos tópicos e das revoltas). Como se já não bastasse o “Adiamento Tour”, a equipe da Epic lançou dois singles antes do álbum e demorou demais para começar a  divulgá-los. Talvez achassem que os fãs fossem robôs para aguentarem calados essa pilha toda...

Read More