Billboard comenta bom desempenho de “Hello Kitty” no Youtube

02 maio Billboard comenta bom desempenho de “Hello Kitty” no Youtube

Após insinuar que videoclipe de Hello Kitty seria racista – e receber a devida resposta de Avril Lavigne – , a revista americana Billboard voltou a falar sobre o “polêmico” clipe da canadense, e a pauta dessa vez foi o bom desempenho do single, que já acumula mais de 18 milhões de visualizações no Youtube, e estreou no Hot 100 americano na 75ª posição! Leia matéria traduzida abaixo:

A controvérsia se traduz em movimentos no chart para Avril Lavigne, cujo novo single “Hello Kitty” estreou no Hot 100 da Billboard na 75ª posição após o lançamento do vídeo no dia 23 de abril no VEVO. É a segunda maior posição que uma música de seu mais recente álbum alcançou no chart até agora – Here’s To Never Growing Up, que foi co-produzida pelo marido de Lavigne, Chad Kroeger, chegou a atingir o 20º lugar na parada em junho de 2013.

“Hello Kitty”, que não é um single oficial nos Estados Unidos, chegou ao Hot 100 com 92% de seus pontos conseguidos apenas com streaming. Explicando melhor: na sua contagem semanal, o clipe conta com mais de 2,9 milhões de execuções apenas nos EUA (mais de 41.000 da contagem anterior), e 73% disso é atribuído unicamente às visualizações do clipe no canal VEVO oficial da cantora no Youtube, de acordo com a Nielsen BDS. Isso faz com que Lavigne tenha a sua maior e melhor estreia em Streaming Songs até hoje, já que a faixa debutou na 14ª posição (superando “Here’s To Never Growing Up”, que estreou na 26ª posição em maio de 2013, logo após o lançamento de seu clipe oficial).

A música também teve mais de 5.000 downloads nessa semana (20-27 de abril), um desempenho ótimo já que, na semana anterior, esse número foi quase insignificante, de acordo com a Nielsen SoundScan.

A tempestade que se formou na internet em torno do conteúdo do vídeo também colocou Lavigne na sua melhor posição no Social 50 desde janeiro, ela pulou da 37ª para a 15ª posição. O clipe de “Hello Kitty”, que foi filmado no Japão, foi criticado em vários blogs e sites por ter “estereotipado” a cultura japonesa, o que se revelou suficiente para Lavigne vir a público e responder às críticas via Twitter e Facebook.

A resposta da canadense desencadeou um aumento de 131% nos retweets semanais dela, o que a fez ser mencionada no Twitter mais de 101 mil vezes apenas naquela semana, um aumento de 144% em relação à semana anterior, segundo dados da Next Big Sound. A base de fãs da cantora também aumentou em 32%, tendo em vista que ela ganhou cerca de 387 mil fãs no Facebook, Twitter, Instagram, Vevo e Youtube.

A matéria original, publicada no dia 1º de maio, você confere AQUI. Assista novamente ao clipe no Youtube:





588 views