Avril Lavigne em nova entrevista para o “Connecticut Post”

26 jun Avril Lavigne em nova entrevista para o “Connecticut Post”

Após 22 shows como convidada especial da turnê de verão dos Backstreet Boys pelos Estados Unidos, Avril Lavigne retorna com a sua The Avril Lavigne Tour que passará na cidade de Mashantucket, Connecticut, no próximo sábado, 28. Devido a isso, o site CTPost conversou com a canadense sobre sua música, Hello Kitty, sua participação no filme “Eragon“, sobre a possível produção de um filme baseado na letra de Sk8er Boi e mais. Confira a entrevista na íntegra:

Já faz sete anos desde a última turnê global de Avril Lavigne, a “The Best Damn Tour” (Dois anos, “The Black Star Tour”). Agora, a estrela do pop-rock atravessa o mundo para divulgar o quinto álbum de estúdio, “Avril Lavigne”. E parece que a “The Best Damn Tour” está de volta.

Este último álbum estreou em primeiro lugar em mais de uma dúzia de países. É um álbum otimista de alta energia, com um mix colorido de diferentes estilos musicais e apresenta o single Top 20, “Here’s to Never Growing Up.”

Lavigne se apresenta neste  sábado, 28 de junho, no Foxwoods Resort Casino. A cantora e compositora canadense, que estourou na cena musical aos 17 anos com “Complicated”, falou sobre seu trabalho e suas paixões em uma entrevista recente.

Q: Você já disse que seu mais recente álbum é “realmente diversificado”, incluindo músicas de piano, melodias nostálgicas de verão, rock barulhento e “Hello Kitty”, que é diferente de qualquer outra coisa. Por favor, explique como uma mulher de 29 anos de idade, pode ser “obcecada com Hello Kitty.” Além disso, quem surgiu com a saia tutu kawaii (bonito em japonês) que você veste no vídeo?

A: Eu sou uma grande fã da saia tutu! Tenho usado há anos e, por isso, foi uma coisa natural para mim ao incluí-la no meu vídeo. Eu também uso uma no palco durante a minha performance de “Hello Kitty”. Este vídeo é dedicado aos meus fãs japoneses e é sobre o meu amor pela cultura japonesa. A marca “Hello Kitty” é muito popular por lá, por isso é realmente uma música para os meus fãs, para os fãs de “Hello Kitty” e para o Japão.

Q: “Let Me Go” é uma bela canção-ainda-comovente que você canta com o seu marido, Chad Kroeger, do Nickelback, neste álbum. Como foi cria-la?

A: Essa foi a primeira música que escrevemos juntos em nosso primeiro dia no estúdio juntos. Foi incrível. Nós escrevemos em um dia, e eu realmente queria que ele cantasse nela comigo.

Q: A balada “Keep Holding On” é uma das suas músicas mais antigas que eu sempre amei. Eu sei que você foi convidada para escrever para “Eragon”, mas você pode compartilhar mais detalhes?

A: Era para ser uma música estimulante para um filme épico. Eu propositalmente escrevi sobre encontrar a força interior e realmente agarrar essa ideia de empoderamento. Eu queria que a música fosse edificante, inspiradora e poderosa.

Q: Uma adolescente rejeita um skatista quando seus amigos não o aceita  (mesmo que ela secretamente goste dele), em sua música “Sk8er Boi”. Mais tarde, ele se torna uma estrela do rock e ela se arrepende. Ouvimos dizer que um filme estaria sendo produzido com base neste sucesso de 2002. Você consegue se lembrar de um momento em que você se curvou a pressão social e depois teve arrependimentos?

A: Não, eu não cedo a pressão social. Eu escrevo o que eu quero e passo a mesma mensagem aos meus fãs. Seja você mesmo. Acredite em si mesmo.

Q: O que os fãs podem esperar de seu show no “Foxwoods”?

A: Nós vamos tocar todos os hits de todos os cinco álbuns. É um show muito energético para todos os meus fãs e será em um sábado à noite. Todo mundo deveria se preparar para a festa!

Q: Eu li você possui mais de 100 pares de tênis Converse, e eu sei de várias pessoas em Connecticut que colecionam tênis. Você tem um par favorito?

A: Os pares mais legais que eu tenho foram meus queridos fãs que me deram. Recentemente, um fã em Las Vegas me deu um par decorado com um tubaurso. Eles são demais!

Q: Você disse: “Eu escrevo o que eu sinto, nunca me preocupo com o que os outros pensam.” Isso é incrível, se for realmente verdade; é isso mesmo?

A: Você não pode se preocupar com o que os outros pensam. Você tem que ser real, e sempre haverá pessoas lá fora que podem se relacionar quando você é sincero.

 





382 views